Início > Arquivo Noticias > Clube > É correr com esta malta toda!
Domingo, 28 Novembro 2021
É correr com esta malta toda! PDF Versão para impressão Enviar por E-mail
Quinta, 14 Junho 2007 19:40

070614_300Dia histórico, ou talvez não para o futebol nacional, com a acusação de corrupção activa feita a Pinto da Costa pode-se finalmente ter dado um passo importante para a credibilização desportiva, este processo já tinha sido arquivado por alegadamente não haver nexo causalidade – o fcporto campeão europeu não precisava de corromper o estrela para ganhar o jogo.

Recuando e fazendo o histórico das condenações de árbitros, encontramos a 1ª em 58/59 o árbitro Calabote é acusado de corrupção e afastado da arbitragem, sobre o corruptor e como estamos a falar do slbenfica nada foi feito, provavelmente autocorrompeu-se.
A 2ª aconteceu em 89/90 com o árbitro Francisco Silva, num jogo entre Penafiel e Belenenses, toda a situação com contornos de vendetta, no melhor estilo Siciliano, mais uma vez árbitro irradiado, nada a concluir quanto ao corruptor.

A 3ª situação ocorre em 92/93 num jogo entre Leça e Ac.Viseu, o caso ganhou relevo e ficou conhecido pelo “quinhentinhos” envolvendo Reinaldo Teles do fcporto, e tão evidente que resultou na irradiação de Guímaro, da condenação do presidente do Leça – Manecas e na descida do Clube, sem consequências para Reinaldo.

Em 1996 ocorre o caso Calheiros em que o árbitro vai de férias para o Brasil, através da agência de viagens Cosmos dos irmãos Oliveira, por lapso esquece-se de pagar a viagem, a agência de viagens por sua vez comete um lapso e manda a factura para outro cliente na torre das Antas – fcporto, que novamente por lapso trata de pagar a factura, o caso acabou por ser arquivado depois de se ter verificado que tudo não tinha passado de uma série de equívocos.

A grande ilação a retirar daqui o SC Portugal não está enterrado neste lodo, recorde-se que mesmo actualmente e no âmbito do Apito Dourado tanto Pinto da Costa como o Kadafi dos Pneus e mesmo o Veiga
tem escutas altamente comprometedoras.
Para quem ficou com a impressão que estas pressões na escolha de árbitros não tem nada de mal, as pessoas envolvidas estavam apenas a zelar pelos seus interesses e ninguém tem nada a ver com isso, atente-se no Art.º 335 Código Penal (CP) :

Comete o crime quem abusar da sua influência junto de uma entidade pública para tentar obter uma decisão a troco de uma vantagem (patrimonial, não patrimonial ou promessa). O tráfico de influência mantém-se quando é utilizada uma interposta pessoa e a vantagem é para terceiro. Punido com pena que vai de multa a 5 anos de prisão.


A Liga de Clubes por intermédio de Ricardo Costa que está á frente do organismo que tutela a justiça desportiva garante que tudo não passa de picos de excitação e que não pode colocar ninguém na cadeia, com esta espantosa declaração temos a garantia que por ele continua tudo na mesma, acontecendo uma curiosa e paradoxal pescadinha de rabo na bouca, ora bem a toda poderosa FIFA estabeleceu que nenhum Clube pode apelar para a justiça nos tribunais civis e que as entidades desportivas são competentes para julgar qualquer caso que ocorra, desde corrupção a transferências entre outros.


A liga de Clubes deu força a esta tese condenando o Gil Vicente por ter recorrido a um tribunal civil, na transferência do jogador Mateus e tendo já condenado o Leça á descida devido a corrupção, actualmente a opinião emitida quer pela Liga, quer pela FPF através de Madaíl é que tem de haver condenação nos tribunais civis para gerar alguma reacção por parte da Liga.
Existem claramente 2 pesos e 2 medidas, pois se os envolvidos neste processo fossem Gil Vicente, Penafiel ou Leça, em vez de fcporto, slbenfica ou Boavista fc, já muito a justiça tinha sido aplicada e os “manecas” desta vida sido condenados.


Corrupção é corrupção e para quem diz que o fcporto não precisava de ter corrompido o Estrela para ser campeão, lembramos que o marselha perdeu o título e desceu de divisão no ano em que se sagrou igualmente campeão europeu, após ter sido provada corrupção desportiva com um adversário de valia semelhante ao estrela da amadora.
Curiosa é também a noticia de o BCP através de um balcão do Banco Mello ter financiado através de formas ilícitas a SAD do fcporto.
Continuem a mexer que ainda vão encontrar um nexo de causalidade para lavagens de dinheiro, “desvios” de camiões e tráficos variados.

 

In http://resistencia06.blogspot.com


Ítems Relacionados:

 

Redes Sociais

  • Facebook Page: 204936909525135
  • Twitter: scpmemoria
  • YouTube: scpcpmemoria

Escolher Campeonato

RSS Notícias

rss_videos Notícias

Siga-nos no Facebook

header_wikisporting