Início > Arquivo Noticias > Futebol > Segunda vida de Hélder Postiga
Quarta, 20 Outubro 2021
Segunda vida de Hélder Postiga PDF Versão para impressão Enviar por E-mail
Sábado, 07 Agosto 2010 20:36
Foto: PostigaDois jogos oficiais, duas presenças no onze inicial e outras tantas exibições convincentes. É este o saldo de arranque de temporada de Hélder Postiga, titular absoluto na primeira versão do Sporting de Paulo Sérgio, apesar de, há bem pouco tempo, ter o seu nome entre a lista de elementos cuja saída era vista como prioritária para a reconstrução do plantel.

Dado como dispensável no contexto de mudança de ciclo pretendido pela SAD para 2010/11, o camisola 23 nunca desistiu de afirmar o seu valor entre o principal grupo verde e branco e a total entrega ao trabalho em prol do colectivo conquistou a admiração do treinador, que agora lhe atribui clara influência na manobra da equipa.

Para mais, em apenas dois jogos, mandou às malvas o fantasma dos golos que tanto o tem perseguido - na época transacta, em 31 jogos apontou apenas um, diante do Setúbal: na quinta-feira, frente ao Nordjaelland, inaugurou o marcador, colocando o Sporting mais próximo da fase de grupos da Liga Europa.

No sistema que tem sido utilizado por Paulo Sérgio, um 4x4x2 tradicional, Postiga pode potenciar todas as suas qualidades, explorando o espaço entre linhas e promovendo a circulação da bola, em combinações constantes com o parceiro de ataque ou com os médios que apoiam a dupla de avançados. Rápido a decidir e pronto a ocupar os espaços abertos na zona de finalização, a sua adaptação à forma de jogar desejada tem sido total. Disponível para pressionar o adversário na tentativa de organização ofensiva, beneficia de um posicionamento táctico compatível com a presença de Liedson, também ele especialista em provocar o erro entre os oponentes.

Assim, e para já, tem carimbo de parceiro prioritário para o 31, principal referência ofensiva, ganhando pontos em relação a uma concorrência de peso: Sinama-Pongolle e Saleiro têm de pensar para igualar o seu rendimento. Se, ao contrário do que sucedeu nas últimas épocas, conseguir juntar golos, sempre exigidos a um ponta-de-lança, às boas exibições, será um caso sério.

Os números do carteiro em Alvalade

2008/09
JOGOS 30
JOGOS COMO TITULAR 20
MINUTOS DE UTILIZAÇÃO  1645
GOLOS 5

2009/10
JOGOS 31
JOGOS COMO TITULAR 17
MINUTOS DE UTILIZAÇÃO 1516
GOLOS 1

2010/11
JOGOS 2
JOGOS COMO TITULAR 2
MINUTOS DE UTILIZAÇÃO 168
GOLOS 1

 

In www.ojogo.pt


Ítems Relacionados:

 

Redes Sociais

  • Facebook Page: 204936909525135
  • Twitter: scpmemoria
  • YouTube: scpcpmemoria

Escolher Campeonato

RSS Notícias

rss_videos Notícias

Siga-nos no Facebook

header_wikisporting