Início > Arquivo Noticias > Clube > Assembleia Geral - JEB com margem cada vez mais curta
Segunda, 27 Junho 2022
Assembleia Geral - JEB com margem cada vez mais curta PDF Versão para impressão Enviar por E-mail
Quinta, 14 Outubro 2010 10:02
101014assembleiageral1José Eduardo Bettencourt e o elenco directivo a que preside viu ontem ser-lhe manifestado um voto de confiança pelos sócios e um sério alerta de que essa confiança tem uma margem cada vez mais escusa. Dos 805 sócios votantes, o relatório e contas mereceu 59,84% votos a favor, teve 36,99% dos votos contra e contou com 3,17% em branco.

Bettencourt falou cerca de uma hora sobre o relatório e contas, enfatizou o trabalho desenvolvido e ouviu mais aplausos que apupos, tendência que viria, de resto, a ser confirmada na votação que ficou para o final da reunião magna que se adivinhava tensa pelo clima de contestação vivido em Alvalade na sequência dos resultados do futebol.



As opiniões, no final, traduziam os resultados do escrutínio e dividiam-se. Menezes Rodrigues considerava que os resultados não eram assim tão maus, Faleiro da Silva via "um cartão amarelo", Paulo Pereira Cristóvão apontava que "o caminho é tão mau que só pode melhorar". O voto de confiança deixado pelos sócios não deixa, porém, de ser um sério aviso a Bettencourt, que recebe o sinal que este está... à condição.

As contas do Sporting [em milhões de euros]

Total activo bruto 303,212

Total activo líquido 254,511

Total do passivo 225,517

Custos operacionais 16,326

Resultado operacional 1,014

Resultado do período -3,675

Bettencourt
"Peço desculpa pela expressão 'terroristas"

A encerrar a reunião magna, José Eduardo Bettencourt dirigiu-se aos sócios, a quem deixou palavras de apreço, encorajamento e arrependimento. "Sei que disse três ou quatro frases que os sócios não mereciam ouvir. Peço desculpa pela expressão 'terroristas'. Temos de acabar com a cultura de nos comermos uns aos outros", apontou o presidente, que deixou uma mensagem de inconformismo e confiança no reverter do rumo que a equipa de futebol tem levado. "Quando as bolas não entram, é complicado, mas acredito que vamos conseguir inverter os resultados e começar a somar vitórias".

Sobre temas relacionados com a gestão do grupo de trabalho, Bettencourt deixou uma promessa de esclarecer alguns dos casos que mais afectaram o plantel 2010/11. "Quando tudo serenar, vou explicar em pormenor os casos Izmailov e João Moutinho", assegurou Bettencourt, que garantiu ainda: "Não me dêem lições de como lidar seja com quem for, especialmente com os presidentes dos rivais, Pinto da Costa e Luís Filipe Vieira."

Pesos-pesados fizeram questão de estar presentes

A AG contou com a presença de figuras influentes nas mais variadas áreas do clube. Costinha, director do futebol, chegou com Bettencourt, mas também Pedro Mil-Homens e Nobre Guedes marcaram presença. Miguel Ribeiro Telles entrou na reunião magna duas horas após Mário Patrício, Mário Casquilho, Moniz Pereira, José Manuel Torcato, Aurélio Pereira, Rogério de Brito, Pedro Faleiro da Silva, Nuno Manaia da Costa, Maria de Lourdes Borges de Castro, Rogério Alves e Agostinho Abade entrarem, no seu início.

Cronómetro a contar

Registe-se uma novidade formal na reunião magna dos associados leoninos. Pela primeira vez, recorreu-se a um painel com um cronómetro e o nome dos intervenientes. Antes da votação, houve cinco intervenções, de cinco minutos cada; depois, cada um dos 32 inscritos, teve três minutos para dizer de sua justiça.

Vítor Espadinha pediu desculpa por vestir ganga

Uma das intervenções da noite coube a Vítor Espadinha, actor e músico que celebrizou o tema "Recordar é Viver" dirigiu-se aos sócios para, em tom irónico, pedir desculpa por apresentar-se de calças de ganga, antes de elogiar Costinha: "Parece um modelo da Fátima Lopes".

JEB desafiado a não voltar a almoçar com gente do Benfica

Uma das mais efusivas manifestações de fervor clubístico ocorreu aquando da intervenção de Nuno Manaia da Costa, membro da Associção de Adeptos Sportinguistas, que lançou o repto ao presidente, José Eduardo Bettencourt, para "não almoçar mais com a gente do Benfica".

Altercação foi prontamente sanada

Um pequeno incidente ocorreu quando eram debatidas as contratações de Costinha para o plantel de Paulo Sérgio. Os ânimos exaltaram-se nas diferenças de opiniões, mas a pronta intervenção policial evitou que o incidente assumisse outras proporções.

Maria de Lourdes Borges de Castro assustada com a juventude

A sócia nº6 do clube deixou um alerta quanto à postura adoptada na reunião magna. "Em 87 anos de sócia nunca tinha visto gente tão mal-educada. Assusta-me o estado em que está a nossa juventude", apontou a decana leoa.

Sem ex-presidentes mas com "aspirantes"

A AG de ontem à noite não contou com a presença de qualquer ex-presidente do Sporting. Filipe Soares Franco afastou-se da vida do clube, Dias da Cunha está em Moçambique, e aos antecessores... nem vê-los. Estiveram, sim, aspirantes, como, por exemplo, Paulo Pereira Cristóvão.

União

"Bettencourt desceu para os 59%, já não há tanta unanimidade. Temos de nos unir, sob pena de cairmos na bipolarização. Que seja o início de nova era: o caminho é tão mau que só pode melhorar"

Paulo Pereira Cristóvão

PSP e spotters para garantir segurança

Atendendo ao momento tenso e de contestação que se vive em Alvalade nos últimos tempos, a organização da AG não deixou a segurança ao acaso e, além de a PSP estar a vigiar os adeptos e as suas movimentações, também os spotters ajudaram a garantir a segurança.

Claques não faltaram e acudiram em peso

Como vem sendo hábito, os sócios leoninos afectos às três claques do clube (Juventude Leonina, Torcida Verde e Directivo Ultras XXI, para além de outros grupos...) acudiram em massa ao acto. A Juve Leo foi a mais representada e a sua voz fez-se ouvir.

Personalidades da TV foram a Alvalade votar

José Diogo Quintela, dos Gato Fedorento e colunista de desporto, e Manuel Moura dos Santos, júri do programa Ídolos, foram algumas das figuras públicas que mostraram estar atentos e interessados na vida do Sporting, presenciando e votando na AG de ontem.

805 | Número de sócios na última contagem, por volta das 22h30. Porém, às 20h30, hora de início da AG, estavam presentes apenas 530 sócios. Justificou-se, assim, a mudança do Auditório de Alvalade (dava para 350 pessoas) para o Pavilhão Multiusos Açoreana Seguros.

 

In www.ojogo.pt


Ítems Relacionados:

 

Redes Sociais

  • Facebook Page: 204936909525135
  • Twitter: scpmemoria
  • YouTube: scpcpmemoria

Escolher Campeonato

RSS Notícias

rss_videos Notícias

Siga-nos no Facebook

header_wikisporting